Como comprar

Subsídio habitacional: entenda o que é e como utilizar o benefício

 

Conquistar a primeira propriedade própria é o sonho de muitos, exigindo esforços e renúncias. Por se tratar de um grande montante de dinheiro, é preciso ter muito planejamento. E todo benefício que reduz esse valor total e faz o sonho ficar mais próximo é bem-vindo, não é mesmo?

 

Um desses benefícios que os trabalhadores podem utilizar é o subsídio habitacional. Porém, infelizmente e por falta de conhecimento, muitos não usufruem algo que é um direito. Aí não dá, né? Por isso, hoje vamos te mostrar o que é o subsídio e como utilizá-lo. Vem com a gente!

 

O que é?

 

De modo geral, o subsídio habitacional é um auxílio fornecido pelo Governo Federal voltado para as famílias de baixa renda e com objetivo de financiar o primeiro imóvel, seja ele casa ou apartamento.

É importante ressaltar que esse não é um processo em que os cidadãos precisam devolver o valor, como em um empréstimo. Trata-se de um desconto, uma doação, que serve para manter acessível para a população com menos recursos o direito à propriedade.

 

Como funciona o subsídio habitacional?

 

A lógica por trás do benefício é simples: quanto menor a renda familiar, maior o valor disponibilizado para o subsídio habitacional. Isso porque, como já mencionamos, ele é voltado às famílias de baixa renda.

Além disso, é preciso estar atento: o subsídio habitacional não pode ser utilizado para a quitação da entrada de seu imóvel. Isso porque ele é um desconto no valor final da compra, que será abatido nas parcelas de sua dívida.

O valor do desconto vai variar de acordo com sua faixa etária e o programa escolhido, mas, por exemplo, no Minha Casa Minha Vida ele pode chegar até 90% do valor total do imóvel.

 

Será que tenho direito ao benefício?

 

O subsídio habitacional é um ótimo recurso, não há dúvidas! Mas, para consegui-lo, é preciso responder a algumas questões para ver se você se enquadra dentro do perfil de pessoas que podem ser beneficiadas.

 

As regras são:

 

  1. A primeira é ser brasileiro ou naturalizado.
  2. Em relação à idade, você precisa ter mais de 18 anos.
  3. A ideia do subsídio é para a primeira compra. Por isso, você não pode ter tido outros imóveis em seu nome, ainda que eles não tenham sido quitados ou estejam ainda em processo de financiamento.
  4. Você também não pode ter sido beneficiado por outros programas habitacionais do Governo Federal.
  5. Por fim, a sua renda familiar mensal é um critério de participação do programa e ela deve estar abaixo de R$7 mil, que é a última faixa dos subsídios brasileiros.

 

É importante lembrar que, em geral, você deve ter 20% do valor do imóvel no início da aquisição como garantia.

 

E quais tipos de imóveis estão dentro do programa?

 

Os subsídios habitacionais podem ser utilizados tanto para apartamentos quanto para casas, desde que seja o primeiro imóvel no nome do comprador. Além disso, o objetivo do imóvel deve ser exclusivamente de moradia, ou seja, você não pode utilizar os subsídios para adquirir um imóvel comercial, por exemplo.

Já o valor dos imóveis também é levados em conta, mas cada programa habitacional estabelece faixas de preços e regras próprias.

No Minha Casa, Minha Vida, por exemplo, o valor difere conforme a região em que o comprador residia e os estados do Rio de Janeiro, São Paulo e o Distrito Federal têm o maior teto, com R$145 mil.

Por isso, é importante ficar atento às regras do programa desejado.

 

Como posso solicitar o benefício?

 

Mais uma vez, cada programa tem suas regras em relação à solicitação. Mas geralmente ela é feita por dois caminhos: a prefeitura de cada cidade ou por meio de construtoras.

Além disso, todo o processo de solicitação passa por um banco para avaliação, que vai confirmar os dados fornecidos e acompanhar todas as etapas da aquisição.

 

Os programas Minha Casa Minha Vida e Casa Verde e Amarela

 

Se você se encaixa nesse perfil e deseja solicitar o subsídio habitacional, é preciso pesquisar bastante antes de escolher o programa que mais vai te trazer benefícios.

No Brasil, o Minha Casa Minha Vida é o programa que mais dá vantagens e tem mais facilidades na hora da compra. Recentemente, ele passou por modificações e a partir dele foi criado o Casa Verde Amarela. Os dois programas se diferem principalmente em relação à faixa etária contemplada, aos descontos oferecidos e às taxas de juros.

Pesquise bem e faça sua escolha a partir do programa que possibilita a realização do seu sonho com mais vantagens!

 

E aí, curtiu nosso conteúdo? Então eu te trago mais um motivo para sorrir: você pode adquirir imóveis Cimos a partir de subsídios habitacionais! É a qualidade que você merece pelo preço que encaixa no seu bolso. Converse com um de nossos consultores e adquira o seu!

Posts Relacionados

Política de Privacidade Cimos

Todas as suas informações pessoais recolhidas, serão usadas para o ajudar a tornar a sua visita no nosso site o mais produtiva e agradável possível.

o que dizem nossos clientes